Você sabe o que é NO e LOW POO?

Assim como muuuuitas pessoas, talvez você também não saiba o que significa a nova onda do momento: NO POO e LOW POO.

Partindo do básico:

“Poo
 deriva-se da palavra shampoo“.
No é “não” em inglês.
“Low é “pouco” em inglês.

Então:
No Poo = Sem Shampoo
Low Poo = Pouco Shampoo

Ok! Agora você já sabe o principal. Agora vamos para a história de como tudo surgiu.

NO/LOW POO foi o  termo patenteado pela Deva Curl, marca especializada em produtos para cabelos crespos e cacheados. No Poo e Low Poo são técnicas ou rotinas em que não se usam sulfatos agressivos na composição de produtos como o conhecido shampoo, apenas sulfatos mais239707-233783devacurl9 leves e outros agentes limpantes que retiram as impurezas, mas não afetam a boa oleosidade do couro e dos fios, que são cheias de nutrientes naturais.

O que é Low Poo?

A técnica usa shampoos sem sulfato e produtos sem substâncias nocivas à saúde capilar (petrolatos, parafinas e afins ).

O que é No Poo?

A técnica ou rotina exclui o uso de shampoos e substâncias nocivas que se acumulam nos fios devido a restrição de alguns agentes limpantes (parafina, petrolatos e silicones insolúveis). No Poo, ao invés de shampoo nas lavagens, se utiliza um condicionador de composição leve com uma pequena proporção de shampoo ou do anfótero (um surfactante), para limpar os fios e o couro cabeludo. O nome desse processo é co-wash, do inglês conditioner washing ou “lavagem condicionante” em português claro “condicionador limpante”, que limpa e hidrata ao mesmo tempo.

>>Nunca mais vou “lavar” o cabelo???

Não, pelo contrário, o No Poo é um processo de lavagem, porém, diferente do que conhecemos, não faz espuma mas possui como principal agente limpante o Coco-amidopropil Betaína(presente em alguns shampoos, mas pode ser comprado separadamente como “Anfótero Betaínico”), além do bicarbonato de sódio e do limão, que limpa e mantém a hidratação natural e leveza dos fios. Por também não utilizarem silicones que impregnam no fio, apenas os que saem com água, não há acúmulo ou sujeira excessiva, sendo assim, o co-wash proporciona uma limpeza perfeita deixando os cabelos lindos, brilhantes e sedosos de verdade, já que a hidratação do fio é real e não uma capsula de silicone que impede que o fio possa absorver propriedades nutritivas entre outras como prometem os produtos comuns.

Sobre Shampoo comum

Você já deve ter tido aquela sensação de que aquele shampoo lavou demais o cabelo e o deixou com aquele aspecto bem seco e até duro, famoso “cabelo cantando” no final do processo de lavagem. Isso é resultado de substâncias como o Lauryl Sulfate, Sodium Laureth Sulfate e outras substâncias de caráter ultra-limpantes presentes em muitos shampoos comuns do mercado. A indústria cosmética costuma utilizar um agente altamente limpante, chamado sulfato agressivo (como o lauril sulfato de sódio)

Estas substâncias são responsáveis pela grande quantidade de espuma do shampoo. Elas lavam muito além da sujeira: elas removem lipídios naturais do cabelo e do couro cabeludo, responsáveis não só pela sedosidade, como também pela proteção capilar.

Cabelos secos, geralmente os cacheados e crespos, sofrem danos demais com shampoos comuns e, aposto, que você nem imaginava isso, certo?

Cabelos lisos distribuem facilmente a oleosidade natural do couro cabeludo até as pontas e, por  esse motivo eles não sofrem muito por ressecamento e, muitos, nem possuem o famoso frizz. O formato espiralado ou anelado dos cabelos cacheados criam uma distância maior para a oleosidade percorrer até chegar à ponta, e o couro cabeludo, devido à genética, produz menos óleo.

Sobre Condicionador Comum

Até ficaria tudo bem em passar o condicionador comum após o uso do shampoo comum se os cremes usados não tivessem derivados de petróleo. Esses petrolatos são matéria-prima barata e, aparentemente, conferem brilho e sedosidade aos cabelos, mas, como são artificiais, eles encapam o fio com uma película impermeável. Como o fio está encoberto, nenhuma substância que trata o cabelo poderá penetrar nas camadas microscópicas internas que o constituem, e o ressecamento que o sulfato causa não é reparado.

Como começar a rotina No e Low Poo?

Primeiro, lembre-se dos termos repetidos aqui: sulfatos e petrolatos. É preciso ler os rótulos dos produtos e não utilizar essas substâncias. Se você pretende seguir com o tratamento, saiba que é muito provável que seu cabelo tenha petrolatos nos fios, então é necessário lavar uma última vez com shampoo de sulfato agressivo, por ser o único capaz de limpar esse composto, para então passar a fazer uso dos produtos permitidos.

A lista completa com a relação de todos os compostos relevantes, compilada graças a adeptos da técnica dedicados a disseminar este conhecimento para o benefício do maior número de pessoas possível, se encontra aqui.

Não estranhe se, no início, o aspecto do seu cabelo piorar, essa é a real condição em que ele estava, mas que o silicone disfarçava com aquele brilho impermeável, contudo, com os cuidados certos, ele vai se renovar. O uso de óleos vegetais 100% puros também é muito benéfico.

Veja a mudança dos cabelos depois que adquiriram a técnica:

Deva-curl-antes-e-depois-ritual

Praticamente todos produtos da Lola Cosmetics são liberados para a rotina em especial a linha Curly Wurly. O kit contempla: Shampoo + Co Wash + Creme para Pentear (Pudding).

curly_novo

Simplesmente maravilhoso!!!
Há, agora, muitas marcas investindo neste processo de tratamento mais natural e menos agressivo.

Mas em breve falaremos mais sobre a rotina e marcas de produtos, por hora, deu para tirar a dúvida sobre o que é No e Low Poo? =)

Anúncios